Modelo de currículo para profissionais de Saúde

Concluir a graduação representa a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho. Mas, com a competitividade cada vez mais acirrada, todos os detalhes fazem a diferença.

Por isso, um currículo bem preparado é essencial e pode deixá-lo mais próximo da vaga desejada. 

Para ter um currículo devidamente elaborado para a área de Saúde, é indicado que você destaque sua experiência no planejamento e execução de atividades direcionadas aos cuidados e assistência a pacientes. Tais conhecimentos tornarão seu currículo mais atrativo e focado na área de interesse.

Neste artigo, contaremos tudo o que você precisa para preparar seu currículo profissional de saúde e torná-lo mais competitivo.

Como fazer um bom currículo para a área de Saúde?

As seções que seu currículo deve ter como profissional da área da saúde não são tão diferentes das de outros  profissionais. Na verdade, as informações são exatamente iguais, por exemplo:

  • Escolaridade; 
  • Gerenciamento de idiomas e informática; 
  • Habilidades; 
  • Experiência. 

Além dessa informações você deve prestar atenção na maneira como apresentará visualmente seu currículo a um recrutador.

  • Título do seu currículo;
  • Experiência acadêmica ou profissional;
  • Publicações;
  • Congressos e associações profissionais (como orador ou ouvinte).

Incluir esse dados, também é uma forma de causar boa impressão ao responsável que vai ler seu curriculum vitae.

Habilidades 

Você deve destacar algumas habilidades em seu currículo na área de Saúde. As competências mais solicitadas costumam ser:

  • Capacidade de análise, síntese, avaliação e compreensão de situações;
  • Aprendizado contínuo e independente;
  • Saber identificar e resolver problemas;
  • Tomar decisões;
  • Capacidade de comunicação escrita e oral;
  • Trabalhar em equipe com eficiência;
  • Trabalhar sob pressão, tolerar estresse e frustração;
  • Atender às necessidades humanas;
  • Ser solidário, empático e responsável;
  • Conhecer estratégias sobre medicina preventiva.

Certificações 

Existem ainda várias certificações que precisam ser destacadas ao se candidatar a uma vaga na área de Saúde. 

Como você pode imaginar, a exigência por uma determinada certificação muda de de acordo com nível de formação acadêmica e com o cargo pretendido.

Modelo de currículo 

O título é a parte mais atraente de um currículo. Para criar essa parte, você deve descrever quem você é e o que faz profissionalmente, bem como seus objetivos. 

Mas, atenção! Você deve ser muito conciso e dizê-lo em poucas palavras.

Certamente, você já sabe: evite a abreviatura “Dr.” no seu curriculum vitae como médico, pois essa abreviação é para alguém que possui um diploma acadêmico de doutorado.

O nível de experiência prática é fundamental; Se você não tem outras experiências profissionais, destaque em seu currículo os estágios realizados além de trabalhos voluntários, se for o caso. 

As publicações são independentes da sua experiência profissional. Se você tiver várias edições, tente colocar as mais relevantes e as que gerem mais valor para a posição que você aplica. 

Uma recomendação adicional é que, se a revista também for digital, você poderá incluir a frase: “disponível on-line” e colocar o link da publicação.

Para mostrar sua experiência, destaque se você tem:

Publicações: devem ser ordenadas por tempo, da mais recente à mais antiga, e a citação bibliográfica deve ser bem identificada.

Apresentações orais em congressos: a lista deve incluir apenas aquelas em que você atuou como orador, além de reuniões em que você apresentou seu próprio trabalho.

Colaborações de ensino: indique a universidade ou instituto, a disciplina ou especialidade tratada, o tutor e a data.

Trabalho de pesquisa: desde a pesquisa mais recente até a tese, o fim do mestrado ou da carreira deve ser mencionado nesta seção. 

Inserir o período e o nome do trabalho , além da agência ou instituição responsável pelo financiamento.

Outra dica importante:

Faça um estudo dos locais onde você vai entregar o currículo para adicionar no seu objetivo um pouco da cultura da “empresa” para onde o currículo vai.

Como você pode ver, existem muitas dicas pertinentes que podem ajudá-lo, além das que citamos acima, é claro. E, se você quiser saber mais, é só falar com a gente. Estamos aguardando o seu contato. 

Deixe um comentário

Rolar para cima